Sarna em Cachorros: Saiba Como Lidar com Este Problema de Saúde Canina

Sarna em Cachorros

Sarna em Cachorros: Saiba Como Lidar com Este Problema de Saúde Canina

A sarna em cachorros tem a reputação de ocorrer apenas em cães desabrigados e abandonados, mas a realidade é que qualquer cão pode ser afetado. Compreender o que é a sarna, como os cães podem contraí-la e como ela se apresenta é benéfico para você e para o seu cão.

Sumário

O que causa a sarna em cachorro?

Existem dois tipos de sarna, e o tipo que está afetando o seu cão dependerá do tipo de ácaro que está causando o problema. A sarna é mais comumente causada pelo ácaro sarcóptico, Sarcoptes scabiei, ou por uma espécie de ácaro intimamente relacionada, como Notoedres. Este tipo de sarna é chamado de sarna sarcóptica. Seu cão pode pegar esses parasitas de outro animal ou de roupas de cama contaminadas e transmiti-los a você.

Os ácaros sarcópticos não podem ser vistos a olho nu, mas você definitivamente notará a coceira que eles provocam em seu cão. Esses pequenos ácaros vivem e se alimentam da pele do seu cão, com as fêmeas escavando sob a camada superior para botar ovos.

A sarna em cães causada por ácaros sarcópticos é altamente contagiosa. É comumente transmitida pela vida selvagem.

Além de animais selvagens, seu cão também pode pegar ácaros sarcópticos de outros cães. Os ácaros podem passar entre cães que vivem ou brincam juntos ou em locais como internatos ou abrigos. Os cães também podem contrair sarna em roupas de cama ou cobertores infectados, mas é possível que os sintomas não apareçam até 10 dias a oito semanas após a exposição.

Os ácaros demodécicos, por outro lado, estão naturalmente presentes nas raízes do pelo do seu cão. Eles são passados ​​de mãe para filhote durante os primeiros dias de vida. Normalmente, o sistema imunológico de um cão mantém os ácaros demodécicos sob controle. Mas podem ocorrer surtos da sarna demodécica se a população de ácaros crescer descontroladamente. A sarna causada por ácaros demodécicos não é contagiosa.

Cachorro deitado olhando para a camera

Como saber se o cachorro está com sarna? Sintomas.

A sarna sarcóptica em estágio inicial geralmente começa como uma coceira ao redor das orelhas e dos cotovelos. Mas os ácaros também gostam de viver na barriga, nas axilas e nas pernas de um cachorro.

No começo, um cão afetado pela sarna sarcóptica coça incessantemente, o que resulta em irritação e vermelhidão na pele abaixo do pelo. Com o passar do tempo, a sarna sarcóptica provoca a queda de pelos, formação de feridas abertas ou crostas, e o engrossamento da pele. As lesões podem infectar, emitindo mau cheiro. Se não for tratada, pode causar aumento dos gânglios linfáticos, perda de músculos saudáveis e, pode chegar a morte.

Embora os ácaros sarcópticos prefiram cães, eles também podem infectar pessoas. Eles causam uma erupção cutânea com grande coceira, mas de curta duração em humanos.

Os ácaros demodécicos estão presentes nos folículos pilosos de um cão e nas glândulas sebáceas da pele desde a infância. Para a maioria dos cães, eles não causam problemas. Se eles se tornarem problemáticos, normalmente é um sinal de sistema imunológico enfraquecido. Filhotes, cães mais velhos e aqueles com condições médicas subjacentes, como diabetes ou câncer, têm maior probabilidade de contrair sarna demodécica.

A sarna demodécica pode ser localizada ou generalizada. Quando há um crescimento excessivo de ácaros demodécicos, os folículos capilares ficam irritados. A sarna demodécica é mais sutil do que a sarna sarcóptica nos estágios iniciais, primeiramente ela não coça tanto, e geralmente começa com queda de pelo em pequenas áreas, o que é conhecido como demodécica localizada.

Filhotes com sarna demodécica – também chamada de sarna vermelha – desenvolvem manchas escamosas e calvas perto dos lábios e na cabeça ou nas patas dianteiras. Muitas vezes, o sistema imunológico dos filhotes entra em ação e resolve o problema por conta própria.

Outras vezes, a sarna demodécica se espalha. O que é considerada demodécica generalizada. À medida que avança, você verá:

  • Mais manchas sem pêlos
  • Pele oleosa e acidentada
  • Descoloração da pele
  • Coceira
  • Cascas e/ou crostas na pele
  • Infecções bacterianas com mau cheiro
Faça a diferença na saúde do seu pet.
Transforme a vida do seu pet com a fisioterapia veterinária da Oasis Pet. Marque hoje mesmo a sua sessão e proporcione a ele uma qualidade de vida excepcional!

Como tratar? Quais são os tratamentos?

Embora você possa ficar tentado a usar um remédio caseiro ou um produto de venda livre para aliviar a coceira do seu cão, isso não ajudará a longo prazo. Livrar-se dos ácaros é fundamental para tratar a sarna. Agende um exame com o veterinário local para um diagnóstico oficial e descubra que tipo de sarna seu cão tem e a melhor forma de tratá-la.

Os sintomas da sarna são semelhantes a outras doenças de pele em cães. Seu veterinário fará uma raspagem de pele ou pegará uma amostra de pelo e examinará no microscópio. O arranhão na pele pode fazer com que a pele pareça mais irritada temporariamente, mas é importante fazer isso!

É fácil ver os ácaros demodécicos ao microscópio. Os ácaros sarcópticos, por outro lado, podem ser difíceis de detectar, pois se escondem sob a pele. Seu veterinário pode recomendar testes adicionais para descartar outras condições.

A boa notícia é que o tratamento da sarna se tornou muito mais fácil do que nas gerações anteriores. No passado, dependíamos de banhos ou tratamentos diários. Agora, usamos medicamentos isoxazolina – um grupo de medicamentos contidos em muitos produtos mensais para controle de pulgas e carrapatos. Descobrimos que eles são muito bons no tratamento de ambos os tipos de ácaros, além de seu uso principal para pulgas e carrapatos.

Você pode esperar que seu animal de estimação se sinta melhor alguns dias após tomar a medicação oral.

Para ajudar a cuidar da coceira enquanto os ácaros são eliminados, os veterinários geralmente prescrevem medicamentos para aliviar a coceira, o desconforto e a inflamação. O tratamento pode incluir um medicamento esteróide como a prednisona. Seu cão também pode precisar de antibióticos para ajudar a eliminar infecções secundárias da pele.

Cachorro sentado em uma mureta

Como prevenir

O uso de medicamentos isoxazolina tem outro bônus – essa classe de medicamento não apenas trata a sarna em cachorro, mas também pode ajudar a preveni-la. A probabilidade de os cães que tomam esses medicamentos preventivos desenvolverem algo mais do que uma pequena infecção por ácaros é mínima.

Percebeu algo de errado?
Seu amigão esta com os olhos irritados, ou não pára de lacrimejar? Talvez seja a hora de consultar um especialista.

Agende uma Consulta de Avaliação na Oasis Pet!

Na Oásis Pet, estamos comprometidos em oferecer os mais altos padrões de cuidados veterinários, proporcionando serviços personalizados e atenciosos para cada pet. Não hesite em agendar uma consulta conosco e permita-nos fazer parte da jornada de saúde do seu pet.

sarna em cachorro 3
Compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Artigo mais Recente
Micoses em Felinos
Saiba como identificar, tratar e prevenir micoses em felinos. Proteja a saúde do seu gato com as informações a seguir.

Assine nossa Newsletter e seja o primeiro a saber dos novos conteúdos da Oásis Pet.

Artigos Relacionados

o que há de novidades no blog Oásis Pet

Pré-Agende uma Consulta

Preencha os campos abaixo para pré-agendar uma consulta na Oásis Pet Morumbi. 
Verificaremos a disponibilidade e entraremos em contato o quanto antes.

Dados básicos
Informações do seu Pet
Dia que prefere para a consulta

Pré-Agende uma Consulta

Preencha os campos abaixo para pré-agendar uma consulta na Oásis Pet Brooklin. 
Verificaremos a disponibilidade e entraremos em contato o quanto antes.

Dados Básicos
Informações do seu Pet
Dia que prefere para a consulta

Pré-Agende uma Consulta

Preencha os campos abaixo para pré-agendar uma consulta na Oásis Pet Santo Amaro. 
Verificaremos a disponibilidade e entraremos em contato o quanto antes.

Dados de agendamento