Cachorro Com As Patas Traseiras Paralisadas

cachorro com as patas traseiras paralisadas

As causas de um cachorro com as patas traseiras paralisadas pode ter diferentes origens. Por isso, separamos algumas informações importantes para você entender a condição, seus sintomas, sinais e formas mais adequadas de tratamento.

Sumário

Quais as causas de paralisia nas patas traseiras em cachorros?

Existem algumas causas comuns que normalmente afetam de maneira mais intensa as patas traseiras dos cães. Tais como:

1 – Hérnia de disco

Pode causar até paralisia total em alguns casos. É dividida em somente dor no local (grau 1), dificuldade de locomoção com alguma presença de movimentos (grau 2 e 3), ou até paralisia dos membros (graus 4 e 5).

2 – Mielopatia isquêmica

Também conhecida como embolia fibrocartilaginosa, é caracterizada pelo bloqueio das artérias que fornecem sangue para a medula espinhal. Pode ocorrer devido a um fragmento de trombo ou fibrocartilaginoso do disco vertebral causando paralisia aguda. Essa patologia pode levar o pet a ter paralisia da perna traseira, em ambos os lados, dependendo da porção afetada da medula espinhal.

3 – Infecções bacterianas e virais

As mais comuns são a raiva, meningite e cinomose, que podem causar inflamação do cérebro, cerebelo e medula, levando a paralisia das patas. Costuma se manifestar através de febre, vômitos e dificuldade de respiração.

4 – Miopatia degenerativa canina

A mielopatia degenerativa é caracterizada como uma doença neurológica progressiva, que atinge a medula espinhal de algumas raças caninas. Pode ser comparada à esclerose lateral amiotrófica (ELA) nos humanos.

É uma patologia que surge espontaneamente, de forma lenta e progressiva em cães adultos.  Os sinais clínicos costumam ser, a princípio, bem inespecíficos. Por isso, é muito comum que os veterinários apostem primeiramente em outras causas — mais comuns — antes de pensar nela.

Os sintomas mais comumente observados são:

  • Dificuldade de andar;
  • Falta de coordenação;
  • Andar cambaleante;
  • Andar arrastando uma das patas;
  • Fraqueza muscular;

 

Infelizmente, os sintomas tendem a progredir até que o cão perca completamente os movimentos, tornando-o incapaz de andar.

No começo, são muito semelhantes aos de uma displasia coxofemoral, artrose ou outros problemas articulares, mas progridem rapidamente para fraqueza total dos quatro membros e incapacidade motora.

Percebeu algo de errado?
Seu amigão esta com os olhos irritados, ou não pára de lacrimejar? Talvez seja a hora de consultar um especialista.

Como tratar cachorro com as patas traseiras paralisadas?

O tratamento adequado deve ser acompanhado de um bom diagnóstico da causa. Quando temos exemplos de incapacidade total de locomoção, falta de controle em urinar ou defecar sozinho, este será internado em um hospital especializado para diagnóstico e análise dos procedimentos mais eficazes.

Quando temos casos de dores e o diagnóstico é precoce, é possível ministrar medicamentos ajustados para a dor. Se o caso for caracterizado por lesões traumáticas como fraturas e hérnias de disco, o paciente precisa ser operado em até 5 dias. Nestes casos, a fisioterapia deve começar imediatamente após os 5 dias de pós-operatório.

A fisioterapia veterinária também é de grande valia para outros casos de paralisia. Através dela, muitos pets conseguem combater diversas paralisias e resgatar sua qualidade de vida.

Cachorro olhando para camera

Quanto tempo um cachorro pode viver com as patas traseiras paralisadas?

Com o tratamento adequado, mesmo os pets com casos mais graves de paralisia podem desenvolver um andar medular e manter uma qualidade de vida. É importante ressaltar que o prognóstico pode variar de acordo com a causa da paralisia, a resposta do animal ao tratamento e outros fatores individuais.

Alguns cães, com uma abordagem terapêutica eficaz e suporte contínuo, conseguem adaptar-se bem à sua condição, levando uma vida feliz e ativa. A colaboração entre os tutores e profissionais de saúde veterinária desempenha um papel crucial na maximização do bem-estar e na promoção de uma vida plena para os pets com paralisia nas patas traseiras.

Como ajudar um cachorro paralisado a se locomover?

Se o pet possui força nos membros anteriores, a cadeira de rodas canina pode ser um acessório importante para sua locomoção e manutenção de sua qualidade de vida.

É importante ressaltar que essa medida deve ser acompanhada de um profissional, para direcionar qual o tempo médio que o pet pode permanecer na cadeira e quais os tipos de locomoção podem ajudá-lo a fortalecer a massa muscular e proporcionar bem-estar e autonomia de formas adequadas.

É importante ressaltar também que arrastar o pet deve sempre ser evitado! Pois o arrasto pode resultar em feridas difíceis de solucionar uma vez que o cão deverá sempre se apoiar sobre elas.

Faça a diferença na saúde do seu pet.
Transforme a vida do seu pet com a fisioterapia veterinária da Oasis Pet. Marque hoje mesmo a sua sessão e proporcione a ele uma qualidade de vida excepcional!

Existem raças de cachorro mais propensas a terem problemas de paralisia nas patas traseiras?

Existem algumas raças mais propensas a problemas de coluna, que podem desencadear uma paralisia das patas traseiras. Dentre as principais, podemos elencar:

  • Basset;
  • Hound;
  • Dachshund;
  • Dobermann;
  • Lhasa Apso;
  • Beagle;
  • Shih Tzu;
  • Corgi;
  • Pequinês.

 

Porém, é importante ressaltar que existem outros tipos de afecções e lesões que podem afetar outras raças, sejam elas maiores ou menores das listadas acima, que também podem desencadear casos de paralisia.

É possível prevenir a paralisia nas patas traseiras em cachorros?

Para casos de infecções, manter o plano vacinal completo é uma das formas mais seguras de prevenção. De maneira geral, é importante que o seu amigo sempre mantenha uma rotina saudável de alimentação e exercícios físicos, para que consiga manter sua qualidade de vida.

Cachorro deitado no sofá

Quais os sinais e sintomas de paralisia nas patas traseiras em cachorros?

Os sinais podem variar a depender da origem e da causa da paralisia. De maneira geral, é possível dizer que os pets com dor e que apresentam quadros de paralisia costumam mostrar debilidade excessiva, dificuldade para nadar, se levantar ou ficar parado em certas posições, além de perda de força, alteração de comportamento e, por vezes, problemas urinários e de evacuação.

O que fazer caso meu cachorro fique paralisado nas patas traseiras?

Caso seu pet apresente sintomas de doenças e lesões que podem levar a quadros de paralisia, você deve levá-lo a um profissional veterinária para ser acompanhado por profissionais ortopedistas e neurologistas, a fim de diagnosticar a causa de maneira assertiva, consequentemente adequando o tratamento ou cirurgia mais eficaz para cada caso.

É possível o cachorro se recuperar da paralisia nas patas traseiras?

Muitos cães respondem bem à cirurgia (quando indicada) e ao tratamento fisioterápico. Como dito anteriormente, mesmo aqueles com condições severas podem, através de um programa de reabilitação bem planejado, manter sua qualidade de vida e certa autonomia. Por isso, sempre busque por ajuda profissional.

Cachorro da raça Pug deitado

Qual o tratamento mais indicado para a paralisia nas patas traseiras em cachorros?

Os métodos mais utilizados para tratamento de paralisia em cães passam por hidroterapia, quiropraxia, acupuntura, ozonioterapia e outros, que auxiliam o pet em seu fortalecimento muscular, recondicionamento físico, diminuição de dores e manutenção de uma vida saudável em uma recuperação gradual.

Na Oasis Pet você encontra profissionais das mais variadas especialidades e com vasta experiência, buscando sempre os melhores e mais atualizados protocolos de tratamento. Procure a unidade mais próxima de você e marque uma consulta!

Compartilhe
Facebook
Twitter
LinkedIn
Artigo mais Recente
Cachorro com Dor
Cachorro com dor: saiba quais os principais sinais e sintomas, as causas mais comuns, o que fazer e quando procurar pela ajuda de um profissional veterinário para tratá-lo

Assine nossa Newsletter e seja o primeiro a saber dos novos conteúdos da Oásis Pet.

Artigos Relacionados

o que há de novidades no blog Oásis Pet

Pré-Agende uma Consulta

Preencha os campos abaixo para pré-agendar uma consulta na Oásis Pet Morumbi. 
Verificaremos a disponibilidade e entraremos em contato o quanto antes.

Dados básicos
Informações do seu Pet
Dia que prefere para a consulta

Pré-Agende uma Consulta

Preencha os campos abaixo para pré-agendar uma consulta na Oásis Pet Brooklin. 
Verificaremos a disponibilidade e entraremos em contato o quanto antes.

Dados Básicos
Informações do seu Pet
Dia que prefere para a consulta

Pré-Agende uma Consulta

Preencha os campos abaixo para pré-agendar uma consulta na Oásis Pet Santo Amaro. 
Verificaremos a disponibilidade e entraremos em contato o quanto antes.

Dados de agendamento